Segundo relatório da MRS, foram 34 ocorrência na região em 2017, contra 25 em 2016. Juiz de Fora é responsável por quase metade dos acidentes; Carandaí apresentou redução.

A MRS Logística divulgou nesta terça-feira (6) o balanço dos acidentes registrados na linha férrea que corta cidades da Zona da Mata e do Campo das Vertentes.

Em 2017, foram registradas 34 ocorrências, entre atropelamentos e colisões. O número é maior que em 2016, quando foram registrados 25 acidentes.

De acordo com o relatório, Juiz de Fora é o município mais crítico em toda a malha sob administração da empresa. Na cidade, foram 15 ocorrêcias em 2017, contra 11 em 2016.

Houve redução de ocorrências em apenas uma das 10 cidades da região. Carandaí, que tinha registrado sete ocorrências em 2016 teve três registros no ano passado.

O relatório completo com todas as 105 cidades que têm cobertura da MRS pode ser consultado no site da empresa.

Acidentes na linha férrea - Zona da Mata e Vertentes
Houve aumento das ocorrências na maior parte das cidades da região
Fonte: MRS Logística

Alerta de segurança no carnaval

A MRS anunciou também que vai desenvolver ações com foco nos foliões que transitam nas proximidades da ferrovia durante o período de carnaval, em que há maior fluxo de pessoas atravessando pelas passagens em nível.

Entre as principais causas de acidente, a empresa indica má avaliação de riscos por parte dos envolvidos como a mais fatal. Entre as principais causas, estão desatenção, pressa, uso de dispositivos móveis ao atravessar a ferrovia, além do efeito do álcool e das drogas nas vítimas das ocorrências.

Por fim, a MRS indicou medidas de segurança para os pedestres e motoristas, como atravessar a linha férrea apenas em locais permitidos, não tentar passar na frente do trem quando a composição estiver se aproximando e adotar um comportamento seguro.


Siga-nos

 

Mais Lidos