Durante um discurso do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, que abrange uma ampla gama de assuntos da diplomacia para o meio ambiente, o presidente francês, Emmanuel Macron prometeu que seu país fecharia todas as fontes de energia queima de carvão até o ano de 2021.

Macron anunciou que Paris provavelmente substituirá as plantas de carvão da nação europeia por fontes renováveis ??ou reatores nucleares, de acordo com o jornal The Independent.

Anteriormente, o ex-presidente francês François Hollande já tinha prometido fechar as plantas em 2023. A julgar pela declaração de Macron, o prazo foi adiantado. Macron prometeu "tornar a França um modelo na luta contra as mudanças climáticas". Ele acrescentou que a mudança será "uma grande vantagem em termos de atratividade e competitividade".

"O talento virá para onde é bom viver", afirmou Macron, acrescentando: "Nós podemos criar muitos empregos com essa estratégia".


Publicidades