Empresas como Alphabet, Amazon e Facebook pressionam parlamentares a restabelecer garantias para informações online serem tratadas de forma igualitária.

Um grupo comercial que representa empresas de internet com Alphabet, Amazon, Microsoft e Facebook enviou uma carta nesta quinta-feira (9) para apoiar que o Congresso dos Estados Unidos reverta a revogação da neutralidade da rede, decisão tomada pelo governo do presidente norte-americano, Donald Trump em dezembro.

Em janeiro, os parlamentares democratas do Senado disseram ter o apoio de 50 dos 100 membros da Câmara para revogar a determinação da Comissão Federal das Comunicações (FCC, na sigla em inglês) de retirar as garantias que asseguravam tratamento igualitário às informações que são transmitidas online. Isso os deixa a apenas um voto de atingir a maioria.

Em carta enviada nesta quinta-feira aos líderes do Senado, a Associação da Internet apoia o esforço do Senado para reverter a votação, mas também pediu uma solução legislativa.

"A indústria da internet instiga o Congresso a legislar uma solução permanente", afirmou o grupo.


Siga-nos

 

Mais Lidos