Unidades da UFPI e da UFRPE passam a ser novas universidades, com orçamento próprio. Alunos e funcionários serão transferidos automaticamente.

Duas novas instituições de ensino públicas foram criadas na região Nordeste, de acordo com projeto de lei assinado pelo presidente da República, Michel Temer, na última quarta-feira (11).

A Universidade Federal do Delta do Parnaíba (UFDPar), no Piauí, e a Universidade Federal do Agreste de Pernambuco (Ufape), em Guaranhuns (PE), serão desdobramentos de câmpus de instituições já existentes.

No caso da UFDPar, a estrutura surge a partir de Universidade Federal do Piauí (UFPI), em sua unidade da cidade de Parnaíba. Todos os cursos oferecidos na instituição e os alunos matriculados serão transferidos automaticamente para esta nova universidade. O quadro de funcionários também permanece o mesmo.

Ou seja: a mudança, na prática, é que a unidade que até então era um campus da UFPI passa a funcionar como uma nova instituição de ensino.

O mesmo processo ocorre com a Ufape - ela herda toda a estrutura e o corpo docente e discente da Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE), no campus de Guaranhuns, no agreste pernambucano.

?São universidades já existentes na prática, nos câmpus em operação. É um processo de implementação que dura, em média, cinco anos. Ano que vem, elas já estarão no orçamento como novas instituições", afirma Rossieli Soares, ministro da Educação.


Mais Lidos

Publicidades