Estratégia

Como diminuir a inadimplência na escola

Uma empresa deve não apenas ser financeiramente saudável, mas também ter financiamento adequado para apoiar o crescimento e o desenvolvimento de seus negócios. O gestor de uma escola precisa estar alinhado com este pensamento.

As instituições de ensino, como qualquer outra empresa, precisam ser saudáveis para pagar suas contas, pagar salários aos funcionários e investir no futuro, como investimento em estrutura e móveis para escola.

Elas precisam descobrir todas as estratégias e recursos disponíveis para enfrentar o problema e minimizar a inadimplência a níveis mínimos.

Como diminuir a inadimplência

Como diminuir a inandimplência na escola

Se sua escola tem uma taxa padrão acima de 3%, é hora de agir.

As estratégias de combate às inadimplências só começam depois que você se inscreve, mas são igualmente importantes quando você tenta evitar inadimplências. Na campanha de matrícula, você precisa se certificar de que as políticas, as taxas e os procedimentos de sua instituição não sejam tão difíceis que a maioria dos estudantes não possa passar sem ajuda financeira.

O foco é ajustado quando se trata de visar o público para campanhas pagas pela Internet. O tom do discurso usado nos anúncios, os sites escolhidos para colocar anúncios e até mesmo as regiões e locais físicos escolhidos para colocar banners e outdoors.

Isso não impedirá que os estudantes estejam fora do perfil ideal, mas ajudará a evitar que a porção seja significativa demais. Quando chegar a hora de se inscrever, a dica é sempre olhar para o futuro e considerar a questão da inadimplência antes de atirar “por todo o lado”.

Acrescente cláusulas sobre inadimplência no contrato

Adicionando cláusulas no contrato para evitar a inadimplência

Os contratos de matrícula devem especificar como uma escola irá proceder em caso de inadimplência.

É importante ter uma cláusula sobre os títulos de protesto, colocando o inadimplente no registro do serviço de proteção de crédito e cobrança judicial.

Isso não significa, naturalmente, que sua escola escolherá imediatamente estas medidas drásticas, mas somente após todas as outras possibilidades terem sido esgotadas. Afinal, estas são medidas drásticas e só devem ser tomadas se todas as outras possibilidades forem esgotadas.

Se o cliente estiver utilizando o serviço, isso significa que ele precisa, então o responsável financeiro já saberá que este tipo de custo deve ser priorizado no orçamento e que deve ser incluído na taxa mensal.

Ações simples como esta, uma mera inclusão de uma cláusula contratual, já podem fazer uma grande diferença na redução de inadimplências. Além disso, se no futuro você realmente precisar tomar estas medidas, o responsável não poderá dizer que não foi avisado sobre esta possibilidade desde o início. Portanto, tenha em mente esta dica!

Ofereça descontos para quem pagar antes do vencimento

É possível que sua escola adote uma ação preventiva para beneficiar os bons pagadores. A prática de pagar a taxa de matrícula em dia é feita através do uso de descontos.

Ao calcular este desconto, considere dois fatores: não deve prejudicar a renda que a escola precisa, nem torná-la pouco atrativa para o bom pagador. Portanto, reflita bastante.

Mantenha as informações de cadastro em um sistema

Por mais trivial que isto possa parecer, um registro bem atualizado é essencial quando se trata de enviar contas e cobrar qualquer débito vencido.

Você deve certificar-se de que as informações pessoais dos estudantes sejam preenchidas corretamente. Os campos que você deve preencher corretamente são aqueles que nos permitem identificar os pais dos alunos e e os responsáveis pelo pagamento, a fim de poder realizar o processo de cobrança de forma eficiente.

É possível ter um bom software de cobrança, seja comprando de uma empresa ou contratar um desenvolvedor de sofware especialmente para isso.

É importante atualizar ocasionalmente os dados de matrícula da escola, pois os números de telefone e e-mails podem mudar.

Facilite o pagamento

É impraticável que os pais tenham que ir até a escola para efetuar o pagamento. Nos dias de hoje, é possível resolver quase tudo apenas usando seu telefone celular.

É incrível acreditar que, até nos dias de hoje, muitas escolas ainda são pagas no escritório, o o que pode ser até perigoso. Onde o dinheiro circula, há sempre o risco de roubo. Portanto, para evitar riscos, as instituições ainda precisam investir em um sistema de segurança.

Algumas escolas têm outras maneiras de se comunicar com seus pais sobre o que está acontecendo na escola. Às vezes eles enviam os boletos através dos alunos, que às vezes se esquecem de entregá-los aos pais.

Às vezes também são enviados pelos correios, que podem se atrasar com as entregas, entrar em greve, ou até mesmo ter algum correio perdido.

Há várias maneiras de reduzir as inadimplências, e sugiro o uso de gateways de pagamento para ajudar você a conseguir isso. A maneira mais eficaz de fazer isto é usando-as.

Com ele, os responsáveis pelo pagameto podem acessar as faturas abertos em seus celulares, copiar o código de barras do boleto, pagar pelo internet banking ou fazer o pagamento pelo PIX.

Se a escola aceita cartões de crédito, eles não precisam nem mesmo sair do portão para pagar a mensalidade. Portanto, a “falta de tempo” não é uma desculpa para a inadimplência!

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo