Produção da série da Netflix é retomada após demissão de Kevin Spacey.

Três meses após ser interrompida por causa das acusações de assédio sexual contra Kevin Spacey, que levaram à demissão do ator e ao cancelamento de todos os seus projetos na Netflix, a sexta (e última) temporada de House of Cards finalmente voltou a ser produzida. E segundo informa a Variety , a gigante do streaming fez duas adições valiosas ao elenco dos oito capítulos finais do drama político: Diane Lane (Batman vs Superman) e Greg Kinnear (Melhores Amigos).

Foto: AdoroCinema / AdoroCinema

Maiores informações sobre os papéis que os recém-contratados interpretarão ainda não foram divulgadas, mas já se sabe que eles serão irmãos no seriado, a primeira obra de relevância produzida pela Netflix e um dos maiores sucessos da companhia até hoje. Antes que as denúncias contra Spacey fossem realizadas, a sexta temporada de House of Cards duraria 13 capítulos, como de costume na trajetória do seriado; no entanto, por causa da controvérsia e da demissão do astro - que custou US$39 milhões aos cofres da companhia -, a Netflix decidiu enxugar os roteiros como forma de manter seu drama político vivo.

Sem Spacey como Frank Underwood - ainda não se sabe como o personagem será retirado da trama -, Robin Wright assume o papel de protagonista solo de House of Cards . A intérprete de Claire Underwood terá o apoio de atores como os veteranos da série Michael Kelly - cujo personagem, Doug Stamper, pode ganhar um spin-off no futuro - e Patricia Clarkson, entre outros. A sexta temporada de House of Cards ainda não tem previsão de lançamento.

AdoroCinema

Mais Lidos