Atriz foi a anfitriã do evento e trocou de roupa nove vezes

A moda pode (e deve) ser usada para passar mensagens. E foi isso que Tracee Ellis Ross, atriz da série Black-Ish, fez no American Music Awards (o AMA) nesta terça, 9, evento do qual foi apresentadora.

Ao longo da noite, ela trocou nove vezes de look, e todas as suas roupas tinham ao menos uma peça criada por designers negros.

Ela chegou ao evento usando um conjunto de blazer e calça rosa estilo anos 1980 da Pyer Moss, grife que fez um desfile sobre racismo na última Semana de Moda de Nova York.

Na performance de abertura, ela estava com uma capa desenhada pelo alfaiate Dapper Dan para a Gucci sobre macacão de lantejoulas azul. De uma maneira ainda mais literal, ela falou de política ao usar uma camiseta escrito "eu sou uma votante" combinada com uma saia vermelha desenhada por Shanell Campbell.

Depois, veio um vestido de espelhos dourados criado por CD Greene, um longo de tule bufante recém desfilado pela Off-White, um conjunto de macacão, cinto, luvas e boina de estampa de onça desenhado por Sergio Hudson, um vestido com estampa super colorida em azul e laranja da Lavie by CK, um longo de paetês com ombreiras assinado por Olivier Rousteing, da Balmain, um vestido azul royal estilo casaco da Dèshon e, por fim, um macacão vermelho da Cushine. Todos os visuais foram criados pela stylist Karla Welchum.

Estadão Conteúdo

Mais Lidos