Filmes 'Tubarão' e 'A Primeira Noite de Um Homem' são referência do verão 2019 da grife

Em seu quarto desfile à frente da Calvin Klein, o estilista belga Raf Simons projeta na passarela seu olhar sobre dois clássicos do cinema norte-americano: "A Primeira Noite de Um Homem" e o blockbuster "Tubarão". "Frequentemente somos atraídos por coisas que sabemos serem perigosas, mas das quais não conseguimos nos afastar", declara o designer. "Desastres acontecem, mas depois eles se transformam de novo em beleza, e a beleza ao nosso redor pode frequentemente se transformar em desastre", completa.

A trilha nervosa de "Tubarão" em uma versão remixada embala a apresentação dos modelos sobre um carpete vermelho, tendo como cenário a projeção de um oceano em um tom de azul vibrante onde uma única pessoa nadava tranquila e solitariamente. Na passarela, um mix de long johns de surfe retrabalhados (mostrados abertos, expondo animal prints do seu lado avesso), calças justíssimas, vestidos de formatura em uma versão nada convencional (com repuxados, dobras e amassados), muitas estampas florais, saias com efeito destruído (como se tivessem sido abocanhadas por um predador) e muitas camisetas e regatas com o cartaz de "Tubarão" - a peça mais fácil e acessível desta coleção de verão.

"É uma obra prima em todos os níveis. Ele fala sobre muito mais do que um tubarão que mata uma pessoa", diz sobre o filme de Steven Spielberg, lançado em 1975. "Sou fascinado pelo fato de como a criação de alguém pode ser uma obra prima não importando se ela é underground ou comercial, se é para uma pequena audiência ou para o grande público", finaliza.

Estadão Conteúdo

Mais Lidos