Alimentos

Horta em casa: conheça os benefícios, plante e colha saúde

Ter uma horta em casa se tornou um dos principais objetivos das pessoas que querem um estilo de vida mais saudável, longe dos agrotóxicos e de outros componentes que afetam a saúde de maneira negativa.

Além de trazer benefícios para o organismo, o cultivo de horta também é um processo terapêutico para a mente, pois tranquiliza os pensamentos, afasta crises de ansiedade e ainda é uma excelente maneira de ensinar as crianças sobre a importância da alimentação.

Tudo o que comemos determina nossa saúde no futuro, e embora frutas, legumes e verduras precisam estar presentes no prato, infelizmente, nem sempre são alimentos seguros.

O Brasil é um dos países que mais admite presença de agrotóxicos em diversos produtos consumidos no dia a dia, como o tomate e a maçã, e muitos deles estão relacionados com o desenvolvimento de doenças graves.

Para se proteger, as pessoas escolhem alternativas, como feiras orgânicas e hortas em casa. Se você está preparado para cultivar seus alimentos, leia este artigo.

Vamos explicar os benefícios da horta para a saúde física e mental, dar algumas dicas para começar a criá-la e mostrar os cuidados necessários com sua manutenção. Confira.

Benefícios da horta em casa

Cultivar os próprios alimentos, mesmo que em pouca quantidade, traz muitos benefícios para o corpo ea mente, tais como:

  • Alimentação saudável;
  • Terapia para a mente;
  • Momentos de interação;
  • Economia com as compras;
  • Beleza para a decoração.

Em primeiro lugar, não existe comparação entre um alimento cultivado em casa e outro comprado no supermercado. Temperos naturais e hortaliças frescas todos os dias só é possível para quem tem uma horta.

Por meio de instalação deck madeira, você pode pendurar os vasinhos com aquilo que deseja cultivar. Como resultado, terá acesso a uma alimentação muito mais saudável e nutritiva.

A mente também é muito beneficiada com essa atividade, pois o cultivo de plantas é reconhecido como terapêutico, aliviando o estresse e proporcionando até mesmo momentos de descontração.

Também pode ser a oportunidade perfeita para vivenciar momentos em família, pois os pais podem ensinar os filhos o cultivo das plantas e aproveitar para ensiná-los sobre a importância da alimentação saudável.

Devido às constantes crises pelas quais o Brasil vem passando, algumas coisas tiveram que ser retiradas da mesa, mas quem pode cultivar uma horta, não precisa se preocupar com esses gastos.

Por fim, ela colabora até mesmo com a decoração da casa ou do jardim, deixando tudo mais bonito e colorido.

Mas, para aproveitar todos os benefícios que ele é capaz de trazer, primeiro é fundamental saber como cultivá-la.

Como ter uma horta em casa?

Quem quiser pode contratar uma empresa de paisagismo e jardinagem em condominios para incentivar todos os moradores a cultivarem juntos esses alimentos.

Mas, se a sua ideia é plantar dentro da sua casa, é fundamental seguir algumas dicas. São elas:

Escolher o espaço ideal

A primeira coisa a ser feita é escolher o espaço ideal, ou seja, onde você vai cultivar os alimentos, mas pense bem porque ele vai determinar o crescimento das hortaliças.

Assim como no caso das plantas que servem para a decoração, os alimentos de uma horta precisam do espaço certo para se desenvolver.

Prefira ambientes arejados e com a presença de luz solar, pelo menos, durante 4 horas por dia, menos do que isso, vai ficar difícil fazer as plantas crescerem.

Encontrar o tipo certo de horta

Depois de escolher onde ela será plantada, chegou o momento de definir o tipo de horta ideal para esse espaço.

Quem mora em casa com quintal ou até mesmo tem uma estufa, pode aproveitar para construir uma horta grande, mas quem mora em apartamento, não tem muito espaço, por isso, precisa escolher um tipo compatível com suas possibilidades.

No quintal, antes de começar o plantio, verifique se há a necessidade de providenciar limpeza de terreno com roçadeira. Dentro de casa, prefira modelos com vasos que possam ser pendurados na parede.

Escolher as hortaliças

Quando uma pessoa começa a cultivar uma horta, principalmente quando tem muito espaço, é normal querer plantar muita coisa ao mesmo tempo. Mas, quem não entende muito do assunto, precisa começar aos poucos.

Escolha hortaliças mais simples porque são fáceis de cultivar e seu crescimento não será comprometido ao longo do tempo.

Procure comprar as sementes em um local onde você possa conversar com alguém que entenda do assunto, pois existem algumas opções mais resistentes e duradouras do que outras, como no caso da cebolinha, orégano e alecrim.

Preparar a terra

Portanto, se já definiu que vai utilizar nichos para apartamentos pequenos e encaixar os vasos o que vai plantar no quintal, chegou o momento de preparar a terra.

Esse processo é fundamental porque garante a saúde e o desenvolvimento das hortaliças. Pegar um vaso e começar a plantar não é o suficiente, existe todo um preparo por trás.

Procure utilizar terra de plantio misturada com adubos orgânicos, além disso, procure adubar essa mistura mensalmente.

Irrigar

A água é o principal alimento para as plantas, por isso, não se esqueça de regar sua horta, pelo menos, uma vez por dia, principalmente pela manhã ou no fim da tarde, quando o Sol está mais fraco.

A irrigação nada mais é do que criar condições para que o cultivo seja mais saudável e sustentável. Se a plantação será em uma estufa, utilize reaproveitamento de água da chuva para molhar as plantinhas.

Basta instalar um sistema de coleta e utilizar a água para a irrigação. Com isso, a horta não será prejudicial para o meio ambiente e vai crescer mais forte e saudável.

Evitar pragas

Quem construiu um espaço exclusivo para o cultivo da horta, antes de mais nada, precisa providenciar retirada de entulho residencial, só então poderá seguir este passo a passo.

Um dos maiores desafios da horta em casa são as pragas que podem simplesmente dominar as hortaliças, com isso, fica difícil colher, tendo em vista que a plantação pode estar comprometida pela presença de insetos.

Assim sendo, pense em uma rotina que ajuda a evitar esse problema, por exemplo, diversificando a variedade de hortaliças e adubando com frequência.

Escolher com cuidado

Finalmente, depois de esperar o tempo necessário, chegou o momento de colher. Esse procedimento não deve ser feito de qualquer forma, pois pode prejudicar todo o trabalho anterior.

Procure cortar a ponta do caule principal, de forma que os brutos laterais possam crescer. Se a horta estiver em um vaso próximo à uma janela PVC persiana, deixe a terra adubada e irrigada após o plantio e algumas folhas mais jovens no pé.

Lembre-se de que o prazo para a primeira colheita costuma ser entre 10 e 16 meses, portanto, acompanhe atentamente o crescimento desde o início.

Cuidados necessários para manter a horta

Para valorizar ainda mais sua hortinha, existem algumas coisas que você pode fazer. Uma delas é conhecer as diversas espécies que podem ser cultivadas, pois isso vai garantir um espaço bonito e cheio de vida.

Alguém que planta cenoura, batata e alface, por exemplo, precisa conhecer as particularidades e necessidades de cada um desses alimentos durante o cultivo.

Não importa se a horta está em uma sacada de vidro com torre ou no quintal de casa, cada espécie tem suas próprias características e elas precisam ser respeitadas.

Outra dica é usar bons fertilizantes, pois nem sempre a adubação é suficiente. Os fertilizantes estimulam o crescimento das plantas e existem produtos de origem natural, que não contam com compostos químicos.

Dedique o tempo necessário para o plantio, pois se você quiser alimentos de qualidade, precisa se dedicar ao seu desenvolvimento.

A horta não deve ficar em segundo plano, portanto, quem tem uma rotina muito cheia, deve variar menos o plantio e optar por espécies mais simples.

Não se esqueça de podar, pois isso estimula o crescimento saudável, uma vez que folhas secas e galhos são retirados, para que os alimentos cresçam saudáveis e nutritivos.

Por fim, quem mora em apartamentos mais baixos deve sempre proteger o local com tela em sacada e outros recursos que evitam as pragas e os insetos que podem comprometer as plantas.

Considerações finais

Sendo assim, ter uma ordem casa é sinônimo de saúde, bem-estar e qualidade de vida, e por mais que pareça desafiador no começo, com o tempo você se acostuma a cuidar das plantas da melhor maneira e de acordo com suas necessidades.

É uma forma de reunir a família, consumir alimentos frescos, garantir a qualidade dos pratos e torná-los mais saborosos no dia a dia. Independentemente do local que você tem disponível, sempre haverá espaço para uma hortinha.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo