Lutz Eichholz é conhecido por andar de monociclo em condições extremas, como no topo de montanhas perigosas.

O alemão Lutz Eichholz roda o mundo em busca de montanhas perigosas. Seu objetivo não é apenas chegar ao topo, mas descer de lá sobre seu monociclo - modalidade conhecida como "extreme mountain unicycling".

"A primeira vez que consegui me equilibrar em um monociclo, achei que estava voando. Me senti muito feliz e livre", diz o aventureiro, dono de diversos recordes mundiais.

Em 2011, aos 25 anos, ele entrou para o Guinness World Record depois de pedalar sobre uma fila de 127 garrafas ? um distância de 8,93 metros, a maior percorrida com um monociclo.

Para Eichholz, "é uma sensação única andar de monociclo".

"É um pouco estranho no início, mas é realmente uma experiência única", diz ele, que pratica o esporte desde 1996.

"Você consegue se equilibrar em cima de algo que para 99% das pessoas é impossível", acrescenta.

"É ainda muito divertido e interessante para mim ser um monociclista profissional. Nunca planejei ganhar dinheiro com isso". Eichholz já foi do Chile à Islândia em busca de novos desafios.

"Nunca planejei ganhar dinheiro com isso, mas agora é muito legal, porque é como se estivesse vivendo meu sonho", conclui.

Mais Lidos

Publicidades