Parte do dinheiro irá para grupos de acolhimento na Colômbia e no Brasil. Mike Pence substitui presidente Donald Trump em Cúpula das Américas, em Lima, no Peru.

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, anunciou no Peru nesta sexta-feira (13) que Washington doará US$ 16 milhões para ajudar venezuelanos que fugiram da crise econômica do país, dos quais parte irá para grupos de acolhimento na Colômbia e no Brasil.

"Queremos que uma mensagem fique clara: estamos com o povo da Venezuela", disse. Pence

Pence está em Lima para participar da Cúpula das Américas, evento que reúne chefes de Estado da região nesta sexta-feira e sábado. Trump cancelou sua visita que estava prevista à cúpula para focar na crise da Síria.

Pence disse que a ajuda será enviada pelo Departamento de Estado dos EUA e pela Agência para Desenvolvimento Internacional e será destinada a acesso a água, abrigos e oportunidades de emprego e educação. Também afirmou que durante a cúpula pedirá a aliados dos EUA para entregarem ajuda humanitária adicional aos venezuelanos.

O vice disse que Nicolás Maduro transformou a Venezuela em uma ditadura e provocou miséria.

O vice americano se reuniu com opositores venezuelanos, incluindo o ex-prefeito de Caracas Antonio Ledezma e o deputado e ex-presidente da Assembleia Nacional Julio Borges.

O chanceler brasileiro Aloysio Nunes se reuniu mais cedo com os opositores e afirmou que o governo brasileiro não deve adotar sanções contra indivíduos na Venezuela.

Mais Lidos

Publicidades