Equipes estão no Parque Halfeld para orientar a população. Ferramenta tecnológica foi criada para reforçar a prevenção contra furtos e roubos de celulares em todo o estado.

A equipe da Polícia Militar (PM) estã no Parque Halfeld, em Juiz de Fora, com o ônibus do projeto "Celular Seguro" para orientar a população sobre uma nova ferramenta para prevenir furtos e roubos de tefefone.

Militares ficarão no local até quarta-feira (28). Na quinta (1°) e sexta-feira (2), a campanha será realizada na praça do Bairro Benfica, a partir das 10h. A ação acontece em todo o estado.

De acordo com a tenente da 4ª Região da PM, que cuida das cidades da Zona da Mata, Camila de Oliveira Fernandes, é necessário realizar o cadastro dos aparelhos de telefone celular através do número de registro International Mobile Equipment Identity, o Imei.

Por meio do programa, o cidadão terá condições de impedir o repasse do aparelho roubado, diminuindo o comércio ilegal dos celulares no município.

O cidadão deve entrar no site da PM e realizar o cadastro.

"Quando a PM abordar um suspeito com o celular, o policial vai poder consultar o Imei e se for constatado que o aparelho é roubado, o cidadão será conduzido e a entrega do celular será mais fácil", explicou a tenete Camila.

Como se cadastrar

  1. Digite *#06# no teclado do celular e o número do Imei aparecerá na tela. Anote e guarde em um local seguro.
  2. Faça o cadastro no site da PM, informando seus dados e o número do Imei do aparelho
  3. Em caso de extravio, furto, ou roubo de celular, informe o número do Imei ao registrar a ocorrência e sinalize no site que o aparelho foi furtado/roubado.
  4. Se um Policial Militar abordar uma pessoa com o aparelho celular, ele terá condições de verificar junto ao site se o aparelho está com a sinalização de furto e roubo e pela ocorrência que o cidadão registrou conseguirá te encontrar.
  5. Além disso, é possível fazer o rastreamento dos aparelhos que usam os sistemas Android, iOS (iPhone) ou Windows Phone e descobrir a sua localização.
  6. Agindo dessa forma a pessoa que estava com o seu aparelho poderá ser presa pelo crime de receptação e teremos mais rapidez para devolver


Mais Lidos

Publicidades