Clínica Dom Bosco teve problemas na documentação apresentada em chamada pública. Prefeitura informou que situação foi revertida e clínica estará reabilitada a prestar o serviço de enfermaria.

Atendimentos foram remanejados para algumas unidades de saúde

Há uma semana, os atendimentos de enfermaria pediátrica em Uberlândia estão sendo feitos em algumas unidades de saúde do Município, antes realizados pela Clínica Dom Bosco.

Segundo a Prefeitura, a clínica deixou de atender as demandas por problemas na documentação apresentada na chamada pública que ocorreu em fevereiro. O MGTV entrou em contato com a direção da Dom Bosco, que não quis se manifestar sobre o caso.

Ainda de acordo com a Prefeitura, a clínica já apresentou a documentação necessária e estará reabilitada a prestar o atendimento pediátrico nos próximos dias.

Enquanto isso, pais reclamam da super lotação nas unidades de saúde e da demora no atendimento.

O Pronto Socorro de Pediatria funciona 24 horas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro São Jorge e na Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do Morumbi. As duas unidades recebem o maior número de pacientes, já que as UAIs Planalto e Roosevelt só atendem casos de urgência e emergência. As situadas nos bairros Martins e Luizote, os pediatras trabalham somente até às 19h.

A dona de casa Valéria Aparecida Rocha tem uma filha de 8 anos e para ser atendida precisou ficar horas na fila de espera. ?Fiquei quatro horas na UPA São Jorge. O local sempre está muito cheio de crianças com os pais que às vezes sentam no chão para aguardar?, explicou.

Já a doméstica Gasparina Aparecida Gomez de Sousa disse que os locais só informam que o atendimento está acumulado. "Eles não nos dão informações, temos que ficar esperando com as crianças sofrendo de dor sem saber se seremos atendidos ou não", ressaltou.

Resposta da Prefeitura

De acordo com a Prefeitura, o contrato do convênio entre o Município e a Clínica Dom Bosco, expirou. Em fevereiro foi feita uma nova chamada pública para as empresas que quisessem se credenciar para o serviço.

A clínica foi a única concorrente da licitação, mas não conseguiu renovar o contrato por problemas na documentação apresentada. A empresa estava com a Certidão de Débito Municipal, Federal e Alvará Sanitário vencidos.

Demora no atendimento é uma das reclamações dos pais


Mais Lidos