Eles penduraram os jalecos e distribuíram panfletos aos doadores. Atendimento não foi paralisado. G1 entrou em contato com a Secretaria de Estado de Fazenda e aguarda retorno.

Na manhã desta quarta-feira (16), funcionários do Hemocentro de Uberlândia fizeram um protesto para reivindicar o pagamento de salários atrasados. Cerca de 30 servidores penduraram os jalecos em frente à unidade e pediram que o pagamento seja regularizado. Panfletos também foram distribuidos aos doadores.

O G1 entrou em contato com a Secretaria de Estado de Fazenda e aguarda retorno.

De acordo com delegada sindical do Sindicato da Saúde, Marcela de Faria Morais Braga, os salários dos funcionários estão sendo parcelados há mais de dois anos, além do atraso no recebimento do vale alimentação e vale transporte.

Ela também alega a ausência de reajuste salarial há cinco anos e cortes em diversos benefícios, como a qualificação dos profissionais.

O movimento durou aproximadamente uma hora e não houve paralisação do atendimento no hemocentro.


Mais Lidos