Secretaria Municipal de Obras informou que vai fazer uma avaliação para ver a possibilidade de desobstruir a Travessa Manoel José, no bairro Marabaixo 4, na Zona Oeste.

Mais parece um rio do que uma rua. Essa é a impressão dos moradores da Travessa Manoel José, no bairro Marabaixo 4, Zona Oeste de Macapá. Com a água na altura do joelho, eles chegaram a improvisar uma ponte de madeira para poder trafegar na via alagada.

A Secretaria Municipal de Obras (Semob) informou que vai uma visita no local ainda nessa semana para levantar as possibilidades de desobstrução do tráfego na via.

Segundo os moradores, a situação da região mais crítica dura há cerca de dois meses. Quando chove a situação piora. O vigilante Alcir Flexa conta que a maior preocupação é com doenças, principalmente em crianças.

?Essa água causa ferida nos pés e doenças, porque as crianças brincam em meio a essa água toda. É só transtorno. Já reivindicamos, reunimos com o pessoal, várias vezes, e foi feito documento, mas nós não somos atendidos?, enfatizou.

Para quem mora na região, o sofrimento é diário. ?Não tem como sair do trabalho de manhã cedo. É um grande sacrifício o que a gente passa aqui?, explicou a funcionária pública Socorro Costa, moradora do bairro.

De acordo com a diarista Geísa Miranda, o problema afeta a rotina de quem precisa estudar ou trabalhar. Ela pede mais ações do poder público para melhor da comunidade do Marabaixo, que, para ela, é esquecida.

?Tem criança que saí cedo para ir pra escola. E muitas vezes tinham que passar elo meio da água. Mas agora por que tem a ponte. Nós queremos pedir para que os governantes venham olhar por nós aqui?, finalizou a moradora.

Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o Tô Na Rede!


Mais Lidos