Seria necessário que 5% da população maranhense fosse doadora para que o estoque chegasse próximo ao ideal. No dia mundial do doador de sangue comemorado nesta quinta-feira (14) a meta é reforçar o estoque.

Hemomar está em campanha para a doação de sangue voluntária no MA

O Centro de Hematologia do Maranhão (Hemomar) está permanentemente em campanha na busca do doador voluntário, que é aquele que decide doar mesmo que não seja para alguém específico. No dia mundial do doador de sangue comemorado nesta quinta-feira (14), a meta é reforçar o estoque que nunca chega ao nível ideal.

Por dia o centro recebe 130 doações, mas para deixar o banco de sangue abastecido é preciso muito mais. De acordo com o Hemomar, nos últimos meses o número de doações diminuiu. A assistente social do Hemomar, Ana Penha, reforçou o pedido e disse que uma bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas.

?Uma bolsa de sangue salva até quatro vidas por conta dos hemocomponentes que são divididos. São divididos plaqueta, plasma, crio e hemácias. Cada um desses hemocomponentes vai para um tipo de paciente?, contou.

Números

No Maranhão apenas 1,8% da população doa sangue. Para ajudar a quem precisa, seria necessário que 5% da população maranhense fosse doadora. Tudo começa na recepção do Centro, onde pessoas entre 18 e 69 anos que querem doar sangue são cadastradas.

?Nós perguntamos se a pessoa já é doador, se é pela primeira vez e pedimos o documento de identificação. Depois fazemos o cadastro, encaminhamos para a triagem, orientamos com relação a doação. Após a triagem, se ele tiver apto, direcionar para o atendimento da doação?, explicou Maria José, que trabalha há 2 anos no Hemomar e é atendente.

A maioria das pessoas que doam no centro são antigos frequentadores e o hemomar quer agora atrair novos doadores. Para ajudar o hemocentro, o coordenador geral do "Vida por vidas", Ronald de Sousa, uniu jovens que trabalham no projeto. Em 10 anos grupo já conseguiu arrecadar mais de 40 mil bolsas de sangue.

?Como instituição religiosa nós percebemos que é uma das mais importantes nesse contexto de contribuir com a hemomar com a realização desse projeto que é tão importante?, afirmou Ronald.

Um exemplo de doador é o funcionário público Antônio Durans. No dia do aniversário ele levantou cedo e deu um presente em vez de receber. Ele conta que foi dar uma oportunidade de vida a alguém.

?Pois é? na verdade fazer uma boa ação, fazer a prática do bem. Isso que é importante. Fazer a doação de sangue?, declarou.

Como doar

Empresas e comunidades interessadas em fazer a coleta externa precisam solicitar o agendamento com antecedência na coordenação de coleta externa, através do telefone 3216-1124. Outra modalidade é o atendimento de grupos no hemocentro, quando a empresa não tem o quantitativo suficiente para justificar o atendimento externo. O agendamento em grupo pode ser feito pelo telefone 3216-1134.

O Hemomar funciona na Rua 5 de Janeiro, s/n, Jordoa, em São Luís. O atendimento acontece de segunda a sexta, das 7h às 18h. Aos sábados o atendimento é das 7h às 12h. Para o público em geral são condições para doar sangue:

  • Estar em boas condições de saúde.
  • Ter entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos precisam de autorização).
  • Pesar no mínimo 50 kg.
  • Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).
  • Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).
  • Não ter ingerido bebida alcoólica 12 horas antes da doação.
  • Apresentar documento oficial com foto.


Mais Lidos