Plataforma, que padroniza estatísticas da segurança pública pelo país, deve chegar a todos os municípios do estado até junho, diz Sejusp.

A coleta de dados para boletins de ocorrência e mandados de prisão, além de consultas de inquéritos e processos, deve ser agilizada com a implantação do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp) no Amapá. De acordo com a Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), a plataforma deve chegar a todos os municípios até o mês de junho.

Macapá foi a primeira cidade que começou a receber a instalação do sistema. De acordo com o chefe da Unidade de Informática da Polícia Civil no Amapá, Harley Sousa, diversos procedimentos da polícia serão facilitados, como a padronização de estatísticas de segurança pública em nível nacional.

?O sistema também dará mais agilidade a registros de ocorrências e vai melhorar a elaboração de estatísticas, pois hoje é uma das dificuldades encontradas. Além disso, a Polícia Civil do Amapá pode ter acesso rápido às informações policiais e judiciais de outros estados brasileiros, facilitando as investigações?, reforçou.

O Sinesp foi resultado de um convênio entre os governos e o Ministério da Justiça, instituído pela lei nº 12.681, de 4 de julho de 2012, pois havia necessidade da União acessar informações dos estados.

Tem alguma notícia para compartilhar? Envie para o VC no G1 AP ou por Whatsapp, nos números (96) 99178-9663 e 99115-6081.


Mais Lidos

Publicidades