Empresas Uai Bier e Alienada vão inaugurar unidades na cidade; investimento é superior a R$ 7 milhões. Município desenvolve ações para estimular produção e comércio de cerveja artesanal.

A produção de cerveja artesanal em Uberlândia será intensificada no início de 2018 com a inauguração de mais duas cervejarias. A instalação das empresas foi facilitada pela legislação, que instituiu o programa de fomento ao setor.

Além da Alienada, a microcervejaria Uai Bier pretende abrir uma fábrica ainda no primeiro trimestre, somando um investimento superior a R$ 7 milhões e com capacidade produtiva de até 300 mil litros ao ano cada uma.

A fábrica da Uai Bier está sendo instalada no Bairro Minas Gerais. A iniciativa partiu de dois irmãos engenheiros que moravam em Curitiba e produziam cerveja em casa. Como na Engenharia as coisas não iam bem, eles aproveitaram a aptidão no ramo e resolveram apostar no negócio em Uberlândia.

?Nós estudamos e formamos aqui na cidade, então a gente já conhecia. A crise na engenharia foi uma motivação para querermos montar uma coisa nossa e engatinhamos nessa ideia. Primeiro vamos focar na produção comercial de chopp, envasar em barris e vender na região e em outros estados?, disse o sócio-proprietário, Alicinio Caetano Júnior.

A cervejaria começou a funcionar informalmente na cidade há cerca de um ano, com toda a produção artesanal e nenhuma estrutura física. O processo de abertura da fábrica começou a se concretizar a partir da regulamentação municipal que passou a formalizar esse tipo de negócio.

A cervejaria deve produzir quatro estilos de cervejas ? American IPA, English IPA, Irish stout e Weiss - trabalhando com a venda em pequena e média escala e oferecendo o serviço de delivery para eventos sociais em geral. A projeção de faturamento para 2018 gira em torno de R$ 500 mil.

Segundo Caetano, a intenção é também contar com estrutura de chopeiras para atender a festivais e eventos cervejeiros no município e na região.

?O público de cervejas gosta de diversificar, conhecer e experimentar os estilos. Vamos focar na qualidade e queremos também trazer o pessoal para conhecer a fábrica. Queremos expandir, mas primeiro vamos firmar nossas pernas aqui no Triângulo Mineiro, com a distribuição e atendendo a essa demanda de eventos?, disse.

A fábrica está na fase final de instalação e já recebe interessados em conhecer o ambiente e saber como funciona todo o processo de produção. A previsão é que abra as portas oficialmente em março.

Brewpub

A cervejaria Alienada também começará a funcionar em breve como um brewpub, que é um estabelecimento de produtores de cervejas para o consumidor final, com venda de alimentos e refeições.

Em rede social, a empresa informou que está com quase 100% dos trabalhos concluídos. Serão gerados 30 empregos diretos e outros cinco indiretos, para produção e comercialização de quatro estilos de cerveja - Lager, IPA, APA e Witbier.

Regulamentação e fomento

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo de Uberlândia, Dilson Dalpiaz, afirmou que a legislação vigente facilita o licenciamento de empresas do setor e estimula o empreendedorismo aos pequenos produtores de cerveja.

A partir de agora, esse negócio pode ser concretizado por meio da modalidade de microempreendedor individual ou cooperativa/associações, reduzindo os custos operacionais para os micro empresários.

?Queremos que o paneleiro, que é aquele que faz a cerveja em sua própria residência, se formalize e transforme esse hobby em empreendedorismo. Nós já temos interessados em processo de formalização ou manifestando interesse em se instalar na cidade?, disse.

O Município também criou um Selo de Origem para atestar a produção regulamentada e divulgar essas empresas perante o mercado. As pioneiras Uberbrau e Benedith foram as primeiras microcervejarias a se beneficiarem com o selo na cidade.

A iniciativa também possibilitará a criação do Mapa Cervejeiro de Uberlândia. A legislação também instituiu o Dia Municipal do Cervejeiro e a Festa da Cerveja, que serão celebradas no mês de outubro.

Os interessados na formalização podem procurar a pasta de Desenvolvimento Econômico para buscar mais orientações. Confira alguns passos:

  • Consulta da viabilidade do endereço onde se pretende formalizar o negócio na Prefeitura;
  • Formalização da empresa junto aos órgãos estaduais municipais e federais, o que pode ser feito via portal Minas Fácil;
  • Aquisição de licenciamento seguindo os critérios estabelecidos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). No caso de brewpubs, se atentar também às exigências da Anvisa;
  • Clique aqui e veja o que prevê a legislação municipal.


Mais Lidos