Na região da zona industrial de Avdeevka, na República Popular de Donetsk (RPD), as tropas de mísseis táticos do exército da república destruíram várias posições do exército ucraniano.

As imagens dos lançamentos múltiplos de foguetes Cheburashka foram publicadas no canal WarDoc no YouTube.

De acordo com a informação do canal Wargonzo no Telegram, foi totalmente destruído o local de onde fora efetuado o bombardeamento com lança-granadas dos combatentes da brigada internacional Pyatnashka, na sequência do qual o seu líder, Mamai (Oleg Mamiev), acabou por morrer.

Em 18 de maio se soube da morte do miliciano, após ter sido ferido na cabeça, peito e abdómen.

Mamiev chegou a Donbass proveniente da Ossétia após os acontecimentos em Kiev em 2014. Ele lutou nas fileiras da unidade Vostok, depois passou a integrar a brigada internacional Pyatnashka e em breve encabeçou-a. Pelos bons serviços prestados, foi condecorado pelas autoridades da RPD.