A pol?cia de Londres tem usado a for?a contra os negros a uma taxa quatro vezes maior do que contra os londrinos brancos, mostraram n?meros publicados pelo jornal The Guardian.

Estatísticas relativas ao uso da força pela Polícia Metropolitana entre abril e setembro de 2017 mostram que a arma de choque foi usada um total de 3.167 vezes, enquanto as técnicas de restrição foram usadas 10.657 vezes.

Os dados supostamente se traduzem em 13 a cada 10.000 londrinos negros foram eletrocutados (contra 3 a cada 10.000 brancos) e 39 em 10.000 foram imobilizados (contra 10 a cada 10.000 brancos). Uma revisão independente de mortes e ferimentos graves sob custódia policial em janeiro de 2017 descobriu que armas de choque e todas as técnicas de contenção têm o potencial de causar a morte. Por exemplo, imobilizações contra o chão podem levar à asfixia. O risco de morte é aumentado por uma condição mental instável de pessoas sob custódia.

Elish Angiolini, a autora do relatório, disse ao jornal que os policiais devem ser responsabilizados pelas mortes por custódia, que ela disse estarem desequilibradas contra os homens negros.