Segundo comunicados da mídia, a Força Aérea de Israel atacou alvos no sul da Faixa de Gaza depois dos bombardeamentos de morteiros do território do enclave.

O Exército de Israel está atuando na Faixa de Gaza após os bombardeamentos dos palestinos, informa-se na declaração dos militares israelenses.

"O exército da defesa de Israel agora está atuando na Faixa de Gaza. Isso tem relações com as explosões, que podem ser ouvidas daqui", relata a assessoria de imprensa do exército israelense.

As mídias palestinas informam sobre ataques aéreos contra a base do grupo radical Jihad Islâmica, que é culpado por israelenses pelo lançamento de quase 60 granadas de morteiro.

A agência de notícias palestina Safa disse que os aviões da Força Aérea de Israel lançaram ao menos sete mísseis contra a base da Jihad Islâmica na área sul do enclave.

Os bombardeamentos palestinos, uns dos mais massivos durante os últimos quatro anos, não causaram vítimas israelenses. Os militares dizem que a maior parte das granadas foi interceptada com ajuda dos sistemas antiaéreos Cúpula de Ferro.


Mais Lidos

Publicidades