O vice-presidente da China teve reuniões com autoridades israelenses e palestinas como parte de uma viagem de três dias à região.

Wang Qishan visitou a Cisjordânia nesta terça-feira (23), onde se encontrou com o primeiro-ministro palestino, Rami Hamdallah, e colocou uma coroa de flores no túmulo do falecido líder palestino Yasser Arafat e visitou a Igreja da Natividade de Belém.

Mais tarde, ele se encontrou com o presidente de Israel, Reuven Rivlin, em Jerusalém. Rivlin disse que as relações entre os dois países são "excelentes".

A viagem de Wang a Israel ilustra o aquecimento dos laços entre os dois países. Eles se tornaram parceiros comerciais próximos, com a China demonstrando interesse nos desenvolvimentos israelenses na agricultura, na água e em outras tecnologias ambientais.

Wang, um confidente do presidente Xi Jinping, é um dos principais oficiais chineses a visitar Israel desde que os países estabeleceram relações diplomáticas em 1992.