Atentado com carro-bomba, ocorrido no posto de controle militar no sudeste do Iêmen, deixou 11 mortos, informa a agência Reuters citando oficiais e residentes locais.

A Reuters comunica, citando oficiais e residentes locais, que atiradores abriram fogo depois que um carro suspeito carregado com explosivos entrou no posto de controle localizado no nordeste de Ataq, capital da província iemenita de Shabwa.

No momento, nenhuma outra informação foi divulgada.

No domingo (28), foram iniciados combates entre os militantes do Movimento do Sul do Iêmen e as forças governamentais do presidente Abd Rabbuh Mansur Hadi, apoiadas pela Arábia Saudita.

As tensões aumentaram entre separatistas e forças governamentais, após o fracasso de Hadi em atender a demanda do Movimento no governo para demitir-se no domingo.

Segundo médicos locais, pelo menos 120 pessoas ficaram feridas em confrontos e 20 morreram.

Os separatistas criaram seu próprio Conselho de Transição do Sul em maio de 2017. O ex-prefeito da província Aidarus al-Zubeydi, que foi demitido pelo presidente Abd Rabbuh Mansur Hadi, lidera o movimento.


Mais Lidos

Publicidades