Uma lancha para operações antissabotagem do projeto 21980, denominada Grachonok, se incorporou ao grupo naval permanente da Marinha da Rússia no Mediterrâneo.

A lancha, pertencente à Frota do Mar Negro, é encarregada de proteger os navios nos portos e garantir a segurança das bases, comunicou o porta-voz da Frota do Mar Negro, Vyacheslav Trukhachev.

As lanchas de classe Grachonok têm 31 metros de comprimento e 7,4 metros de largura, um deslocamento de 139 toneladas, velocidade de 23 nós, autonomia de cinco dias e uma tripulação de oito homens.

Dispõem de metralhadoras de grande calibre, lança-granadas e mísseis portáteis, bem como de radares e sonares para detectar navios inimigos. A primeira lancha desta série se incorporou à Marinha russa em 2010.