Apesar da Aurora confirmar em nota que não estão previstas demissões, o Governo Federal admite que está preocupado com uma possível demissão em massa por conta da crise no setor avícola. Tanto que o Ministério do Trabalho foi acionado para unir indústrias e representantes dos trabalhadores nesta sexta-feria, dia 4, em Brasilia, para discutir alternativas para a manutenção de pelo menos 15 postos de trabalho. Uma das propostas pretendidas pelo Ministério do Trabalho é fazer uso do Fundo de Amparo ao Trabalhador, que prevê a redução do salário dos funcionários da indústria em 30%, sendo que o governo subsidiaria 15% deste salário. O presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores das Industrias de Alimentos, Artur Bueno Camargo, comenta o assunto.


Mais Lidos