A controlada CSALP é fabricante dos jatos C-Series.

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou sem restrições a aquisição pela Airbus de cerca de 50% do capital social da CSALP, controlada pela canadense Bombardier e por uma entidade ligada ao governo de Quebec, segundo despacho da superintendência-geral do órgão publicado no Diário Oficial desta terça-feira (20).

As atividades da CSALP incluem desenho, desenvolvimento, fabricação, montagem, certificação e venda de jatos da família C-Series, informa parecer no site do Cade.

A compra de 50,01% da CSALP pela Airbus visa reunir as famílias supostamente complementares de aviões de corredor único de ambas as partes, incluindo as aeronaves A320 da Airbus e as C-Series da Bombardier, de acordo com a autarquia.

De acordo com o parecer do Cade, o portfólio de aeronaves ofertadas pelas empresas é complementar e o maior concorrente do C-Series seria a brasileira Embraer.

Deste modo, a órgão antitruste avalia que a transação "não tende a gerar efeitos deletérios ao mercado de aeronaves de corredor único com capacidade de 100 a 150 assentos, seja no cenário mundial, seja no cenário nacional".


Mais Lidos