DiversosNegócios

Primeiro emprego: três dicas para aumentar suas chances de entrar no mercado de trabalho

Uma das etapas mais significativas e desafiadoras na vida de qualquer jovem é o momento de conseguir o primeiro emprego e ingressar no mercado de trabalho

Além da dificuldade natural de escolher uma carreira profissional que muito provavelmente definirá o resto da sua vida, ou ao menos uma boa parte dela, cada vez mais os jovens encontram um dilema já antigo, mas não menos relevante: o círculo vicioso da falta de experiência. 

Você provavelmente já passou por essa situação, conhece alguém que já passou por isso, ou ao menos já ouviu falar dela: as empresas dificilmente aceitam candidatos sem experiência prévia, mas sem uma oportunidade de emprego, é quase impossível adquirir essa experiência — ou seja, não consegue emprego por não ter experiência, mas não tem experiência por não conseguir o emprego.

Esse dilema, associado a vários outros fatores, fazem com que a taxa de desemprego entre os jovens seja, historicamente, quase sempre maior do que a taxa de desemprego no Brasil, que engloba todas as faixas etárias: cerca de 20% entre os jovens contra cerca de 11% nacionalmente.

As desvantagens dessa taxa tão alta vão muito além da falta de oportunidades no presente, e também afetam o futuro. Sem uma inserção do jovem no mercado de trabalho de maneira adequada, o progresso individual e do país também são afetados negativamente, assim como a mobilidade social e as perspectivas de prosperidade, criando um cenário futuro desanimador.

Por isso, se você está em busca da sua primeira oportunidade e não quer cair nesse dilema, separamos três dicas de como conseguir o primeiro emprego que podem te ajudar bastante. A importância de outras experiências, como elaborar um bom currículo e mais: o que é Galena e como ela pode ser o segredo do seu sucesso não só no primeiro emprego, mas no resto da sua carreira.

Adquira experiências diversas

Claro, sabemos que a “experiência” exigida pela maioria dos empregos é aquela experiência prática do emprego em si, e que é bem difícil consegui-la sem, efetivamente, ter o emprego e realizar as tarefas dele.

Mas, por outro lado, existem várias experiências que você pode ter antes de conseguir o seu primeiro emprego e que podem te ajudar, e muito, na hora de adquirir conhecimentos e desenvolver algumas das habilidades necessárias para convencer o seu futuro empregador a te dar uma chance.

Experiências como cursos livres, participação em palestras e trabalho voluntário são algumas das mais comuns, e que ajudam não só a deixar o seu currículo um pouco mais completo, mas também fazem com que você desenvolva novas habilidades e competências que com certeza vão te ajudar em vários dos seus futuros desafios profissionais.

Capriche no currículo

Mesmo que ele pareça um pouco vazio, um currículo bem feito faz toda a diferença na hora de se candidatar para vagas em qualquer área. 

Por isso, na hora de pensar em como fazer um currículo, considere alguns princípios: mantenha ele sempre atualizado, organize as informações em uma ordem dinâmica e lógica, relate suas formações e experiências de forma concisa e objetiva e seja sempre honesto.

O design também importa: desde os mais simples feitos em um editor de texto comum até as versões mais elaboradas e decoradas, o seu currículo precisa expressar um pouco da sua personalidade e também dos seus objetivos.

Só cuidado com os exageros, principalmente nas versões mais decoradas: um design mais elaborado pode ajudar o seu currículo a se destacar, mas certifique-se que as informações estão claras e legíveis em todos os formatos de envio.

Aposte em um curso profissionalizante

A quantidade de cursos profissionalizantes existentes no país só ajuda a evidenciar a importância da capacitação profissional na atualidade. Não importa a área que você deseje seguir, sempre existirá um curso que pode te ajudar a ingressar no mercado e também a evoluir dentro dele.

Mas só fazer um curso qualquer não é o suficiente: é essencial que o curso escolhido seja realmente efetivo, e que ele te transmita conhecimentos que farão sentido na hora de realmente colocar a mão na massa.

Na sua busca por um curso de capacitação profissional, dê sempre preferência aos que oferecem experiências e dinâmicas mais práticas do que teóricas, e que oferecem desenvolvimento aliado ao conhecimento.

Se você quer ingressar na área de Gestão de Vendas, nós indicamos muito o Programa da Galena, um curso diferenciado, que simula uma rotina de trabalho e todos os seus desafios. Ele é voltado para jovens de 18 a 24 anos que concluíram o Ensino Médio em escolas públicas e dura um total de 4 meses. 

E aí, curtiu nossas dicas? Quais você já está colocando ou pretende colocar em prática? Conte aqui pra gente nos comentários! E para mais conteúdos informativos e dinâmicos sobre profissões, navegue pelo blog e confira mais posts.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Botão Voltar ao topo