Estilo de vida

Razões para ter as mãos dormentes ao acordar

Em algum momento, todos nós acordamos de um sono profundo e descobrimos mãos dormentes. Dormência ou formigamento ocasional é normal. Geralmente acontece quando dormimos em uma posição desconfortável que corta a circulação e faz com que a mão “adormeça”.

Mas se tendemos a sentir formigamento ou dormência na mão ou nos dedos com mais frequência ao acordar, podemos estar lidando com um problema maior. É interessante entender por que podemos perder a sensibilidade na mão ao dormir e o que fazer para reduzir o formigamento e a dormência.

Dormir em uma posição que pressiona o braço ou a mão é uma causa comum de dormência e formigamento que desaparece logo após acordar e mudar de posição, mas não é a única possibilidade. Mãos dormentes podem ser um sinal de uma condição médica subjacente, por isso é importante estar ciente de outros sintomas.

Síndrome do túnel carpal

Dedos dormentes e formigantes à noite podem estar relacionados a uma condição chamada síndrome do túnel do carpo. A dormência no polegar e no dedo indicador (e muitas vezes no dedo médio) é comumente devido à compressão do nervo mediano no ‘túnel do carpo’, uma passagem estreita composta de ligamentos e ossos no lado palmar da mão.

Essa compressão do nervo ocorre quando algo repetidamente aperta, pressiona ou irrita o nervo mediano. Qualquer movimento repetitivo que envolva flexão frequente do punho (usando um mouse de computador ou outras ferramentas manuais nove horas por dia) pode causar ou contribuir para problemas no espaço do túnel do carpo. A dormência geralmente é acompanhada de formigamento e, em casos extremos, fraqueza do polegar e dos dedos.

Embora esticar as mãos e os pulsos antes de dormir e ao acordar possa ajudar a eliminar a dormência, pode ser necessário consultar seu médico para controlar o formigamento do túnel do carpo. O tratamento inclui o uso de talas de pulso neutras para evitar que o pulso dobre, juntamente com injeções de esteróides e, se necessário, cirurgia para liberar o nervo no túnel.

Nervo comprimido ou danificado

Além do nervo mediano, outros nervos, quando comprimidos ou danificados, também podem causar dormência nas mãos e dedos. Na verdade, a segunda causa mais comum de dormência em uma mão é a compressão do nervo ulnar (que vai da área do cotovelo até os dedos). Isso pode acontecer se muita pressão for colocada no cotovelo ou no pulso durante o sono. Nesse caso, a dormência ocorre nos dedos mínimo e anelar e, às vezes, no dedo médio.

Embora mais raro, o dano ao nervo radial também pode levar à dormência. O nervo radial, que vai da parte superior do braço até o antebraço e o pulso, pode ser comprimido quando dormimos em uma posição que exerce pressão extrema sobre a parte superior do braço. O uso inadequado de muletas também pode contrair o nervo radial.

Quando o nervo radial é comprimido ou danificado, uma pessoa pode sentir uma sensação anormal no dorso da mão ou no polegar e, em casos mais graves, perde-se a capacidade de endireitar os dedos ou dobrar o pulso para trás.

As vezes é apenas o suficiente para dormir em uma posição diferente, um que não coloque pressão ou tensão em seu braço. Você também pode optar por usar óleos essenciais para poder ajudar a dormir melhor, pois óleos como de camomila, bergamota e hortelã-pimenta podem ajuda. Por exemplo, se as mãos ficam dormentes ao dormir de lado, evitaremos deitar diretamente sobre os braços e flexionar os pulsos. Da mesma forma, quem dorme de costas deve parar de dormir com os braços acima da cabeça. Vamos tentar mantê-los de lado para reduzir a compressão dos nervos.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo