Muitos ainda não sabem para que servem os probióticos. Esta "cultura" de bactérias saudáveis se tornou um dos melhores complementos para potencializar os benefícios de uma dieta saudável. 

Em muitas oportunidades nos contaram a importância de proteger e “nutrir” a flora bacteriana do intestino como medida para cuidar da saúde. Mas, você sabe o que são e para que servem os probióticos?

Estas culturas de bactérias vivas se converteram em um dos melhores aliados para frear as colônias de agentes patógenos que possam afetar a saúde intestinal e o sistema imune.

Na verdade, são chaves para a síntese de alguns nutrientes essenciais e para manter uma ótima saúde digestiva. Além disso, criam uma barreira protetora contra as infecções e agem de forma benéfica sobre alguns processos inflamatórios.

Mesmo que existam de maneira natural no corpo, hoje em dia podem ser consumidos por meio de alguns alimentos fermentados ou lácteos, assim como na forma de suplementos alimentares. Conhece seus benefícios? Contaremos em detalhes.

O que são os probióticos?

O termo “probiótico” ganhou muita popularidade nos últimos anos devido ao “boom” que geraram como complemento da alimentaçãoA palavra que os designa significa “a favor da vida”, precisamente pelos benefícios que trazem para a saúde.

Alimentos com probióticos

Os probióticos são bactérias “boas” e leveduras que sobrevivem a passagem pelo trato gastrointestinal para então se implantarem no cólon e no intestino delgado. Ainda que muitos relacionem as bactérias com doenças, sua função é toda o contrário.

Devido a sua capacidade para deter o crescimento excessivo de microrganismos infecciososestas culturas de bactérias são chaves para evitar o desenvolvimento de várias doenças. As que mais são aproveitadas para benefício humano são os lactobacilos e as bifidobactérias. 

Leia também: Combata a dor articular combinando dois anti-inflamatórios naturais

Para que servem os probióticos

O trato gastrointestinal está repleto com cerca de 400 espécies bacterianas que formam o que conhecemos como flora ou microbiota intestinal. Entre suas principais funções está a de proteger o organismo contra a proliferação de patógenos, responsáveis por muitas afecções.

Também se encarregam de controlar a diferenciação das células epiteliais e interferem nos processos metabólicos e na produção de vitaminas. Por isso, é essencial ter uma flora intestinal equilibrada e rica em bactérias “saudáveis”.

Os probióticos, por serem a principal fonte de “culturas vivas”, são a melhor alternativa para restabelecer a flora quando esta é alterada por infecções, diarreias ou consumo excessivo de antibióticos. Então…Para que servem os probióticos?

  • Modulam a resposta do sistema imune a nível intestinal e reduzem a susceptibilidade a alergias alimentares.
  • Ajudam a obter energia devido a sua capacidade para fermentar os carboidratos indigeríveis com a finalidade de promover a absorção de monossacarídeos.
  • Aumentam a absorção de água e minerais no cólon.
  • Otimizam o funcionamento do metabolismo e previnem a obesidade e diabetes.
  • Previnem e combatem várias doenças do sistema digestivo (diarreia, síndrome do intestino irritável ou a doença de Crohn).
  • Estimulam o movimento intestinal e previnem a prisão de ventre.
  • São úteis no tratamento das infecções vaginais e do sistema urinário.
  • Favorecem a redução do colesterol ruim e triglicerídeos.
  • Protegem a saúde oral contra os vírus e bactérias que produzem infecções.
  • Incentivam o bem-estar geral e, por isso, melhoram o estado de humor. 
Os probióticos regularizam o trânsito intestinal

Quais são as fontes dos probióticos?

Agora que sabemos para que servem os probióticos, é bom conhecer as fontes que permitem obtê-los na dieta. Em primeiro lugar, passaremos os que são de origem natural e, depois, detalharemos os conhecidos como “probióticos bioterapêuticos”.

Probióticos naturais

Esta variedade de probióticos é obtida por meio de alimentos que, no geral, foram submetidos a um processo de fermentação. Isso indica que um grupo de bactérias transformou sua composição original para torná-los mais digeríveis e com uma maior concentração de nutrientes.

Confira Os 15 melhores probióticos e prebióticos para cuidar de sua saúde

Os mais populares são:

  • Kéfir
  • Iogurte natural
  • Kombucha
  • Pão massa madre
  • Pepinos curtidos
  • Natto
  • Tempeh
  • Chucruet
  • Kimchi
  • Missô

Probióticos bioterapêuticos

Nem todas as pessoas obtêm probióticos suficientes por meio da dieta. Agora, considerando sua importância na saúde, a opção de inclui-los em suplementos é uma excelente ideia. Como podemos adquiri-los?

Pílulas de probióticos

Dado que muitos estão interessados em aproveitar suas propriedades, existem suplementos disponíveis em cápsulas, pós e outros produtos similares. Estes contêm grandes concentrações de microrganismos, com uma variedade nas cepas de bactérias.

Algumas apresentações vêm enriquecidas com pré-bióticos, que são alimentos que favorecem o crescimento dessas bactérias boas. Por isso, em muitos casos estes produtos são mais eficazes do que os probióticos que provem da alimentação tradicional.

Resumindo

Os probióticos são um grande complemento para aquelas pessoas que desenvolvem transtornos digestivos por uma alteração do pH intestinal. Sua ingestão por meio de alimentos e suplementos é a melhor maneira de fortalecer e proteger as bactérias “boas” que evitam doenças.

Agora que você já sabe para que servem os probióticos poderá consumi-los de maneira fácil e saudável.